10+ MELHORES FÁBULAS PEQUENAS COM MORAL | CONFIRA

PUBLICADO EM 18/07/2019

fabulas-pequenas

As fábulas são histórias curtas ou rápidas, algumas divertidas, outras dramáticas, mas sempre acompanhadas de uma mensagem que denominamos de “moral da história”. Normalmente os personagens das fábulas são animais que falam ou seres imaginários. Trata-se de uma excelente ferramenta para entreter e educar as crianças!

Reunimos as 10 MELHORES FÁBULAS PEQUENAS que contam com a mora da história! Conheça agora e conte para as crianças!

FÁBULAS PEQUENAS

O HOMEM E O LEÃO

fabulas-pequenas-leao-homem

Era um vez um Leão e um Homem que trabalhavam juntos em uma empresa. Certo dia precisaram viajar juntos a trabalho em uma floresta. Não demorou até começarem a brigar, já que cada um deles se achava melhor que o outro tanto em força quanto em mente.

Bem no centro da floresta encontraram uma grande estátua de um homem matando um leão. O homem ficou feliz e disse ao leão: “Aí está, é assim que somos fortes! Nós sim somos os Reis dos Animais!”.

O Leão achou muita graça e disse: “Foi um homem quem fez esta estátua. Teria sido o contrário se um Leão tivesse feito isso! ”

Moral da História: Tudo depende do ponto de vista e de quem conta a história.

FÁBULA PEQUENA E ENGRAÇADA

O RATINHO

https://cursodebaba.com/images/fabulas-pequenas-ratinho.jpg

Era uma vez uma bebê ratinho e sua mãe que moravam em um buraco no rodapé de uma casa grande e quente com muito queijo para comer. Certo dia a Mãe decidiu levar o Rato bebê para passear, mas lá fora estava um gato ruivo esperando para comê-los.

“Mamãe, o que devemos fazer?”. A mãe calmamente abriu a boca e respirou fundo e gritou:

“Woof! Woof! Au, Au!”.

O gato fugiu o mais rápido que pode!

“Nossa mãe! Isso foi incrível!

"Viu só meu filhinho, é por isso que é sempre melhor ter uma segunda língua na manga."

Moral da História: conhecimento é sempre importante para todas as situações na vida.

 

A RAPOSA E AS UVAS

fabulas-pequenas-raposa-uvas

Era uma vez uma raposa que passeava pela floresta e viu um lindo cacho de uvas pendurado em um galho alto.

"Que delícia! Essas uvas são perfeitas para saciar a minha sede", pensou ele.

Dando alguns passos para trás, a raposa pulou para pegá-las, mas não conseguiu. Então, tentou novamente e também falhou!

Foi aí que a raposa percebeu que não conseguiria pegar as uvas, então disse: “Essas uvas devem ser azedas mesmo”. E foi embora dali.

Moral da História: é fácil desprezar o que você não pode ter. É preciso saber lidar com os sentimentos e entender que nada vem fácil sem um trabalho duro.

 

O LEÃO E O RATO

fabulas-pequenas-leao-rato

Era uma vez um rato atrevido que estava correndo sobre o rosto de um leão dormindo. Até que o leão acordou e ficou muito bravo com o rato, pegou-o com raiva e quando estava prestes a matá-lo, o ratinho pediu com piedade:

"Senhor Leão, se puder poupar minha vida eu juro que retribuiria sua gentileza."

O Leão achou graça e mesmo sem acreditar, deixou que ele fosse embora. Alguns dias depois um grupo de caçadores capturaram o Leão, amarraram-no com fortes cordas no chão. O ratinho reconhecendo o rugido dele, veio e roeu a corda com os dentes e libertou-o, exclamando:

"Você riu de mim achando que eu nunca poderia ajudá-lo, mas aqui está!”. O Leão ficou surpreso e feliz! A partir deste dia se tornaram grandes amigos!

Moral da História: Independente do tamanho ou da força de alguém não se deve desprezar ninguém!

 

O COELHO E A TARTARUGA

fabulas-pequenas-coelho-tartaruga

Era uma vez um coelho que se achava o mais rápido de toda a floresta. E zombava da tartaruga que era o animal mais lento. Um dia o coelho ficou surpreso, pois a tartaruga o convidou para disputar uma corrida. O coelho não pensou duas vezes e aceitou o desafio rindo. Assim a corrida começou, o coelho correu à frente da tartaruga, assim como todos já imaginavam.

Quando o coelho chegou à metade do percurso olhou para trás e nem sinal da tartaruga. O sol estava bem forte, o coelho resolveu deitar um pouco embaixo de uma árvore para tomar um ar fresco e descansar. Tirou uma soneca, afinal mesmo que a tartaruga passasse por ele, ele seria capaz de correr até a linha de chegada antes dela. A tartaruga seguia seu percurso no seu ritmo, independente de sol e de qualquer outro obstáculo.

O coelho acabou dormindo mais do que gostaria e quando acordou não via a tartaruga em lugar nenhum. Então correu até a linha de chegada e para sua surpresa e decepção lá estava a tartaruga esperando-o.

Moral da História: Não devemos menosprezar ninguém, todos merecem respeito!

 

O LENHADOR E O MACHADO

fabulas-pequenas-lenhador-machado

Era uma vez um lenhador honesto que vivia em uma pequena aldeia. Ele se encarregava todos os anos de cortar uma árvore para ajudar os moradores durante o inverno rigoroso.

Um dia certo dia, enquanto cortava uma árvore perto de um rio, seu machado escorregou de sua mão e caiu no rio. Ele ficou muito preocupado, pois só tinha aquele machado e o rio era muito profundo. Então começou a orar por Deus e de repente uma imagem de Deus apareceu para ele e perguntou: “Qual é o problema, meu filho?” O lenhador explicou o problema e pediu sua ajuda para recuperar o machado. Deus retirou um machado de ouro da água em um passe de mágica e perguntou ao lenhador:

"Este é o seu machado?" O Lenhador olhou para o machado e disse "Não".

Deus insistiu: “Olhe outra vez Filho, este é um machado o muito valioso, você tem certeza que este não é seu?” O lenhador respondeu, “Não, não é meu”.

O Deus sorriu e finalmente colocou a mão na água novamente, tirou o machado de ferro e perguntou: “Este é o seu machado?”. O lenhador disse: “Sim! É meu, Obrigado!”.

Deus ficou tão feliz com sua sinceridade que lhe deu o machado de ouro também como recompensa.

Moral da História: Não devemos mentir, a honestidade é sempre recompensada.


O MACACO E O CROCODILO

https://cursodebaba.com/images/fabulas-pequenas-macaco-crocodilo.jpg

Era uma vez, um macaco inteligente vivia em uma árvore com lindas maçãs vermelhas. Um certo dia, um crocodilo nadou até perto da árvore do macaco e disse ao macaco que estava viajando há muitos dias e não tinha encontrado comida. Perguntou então se o macaco poderia lhe dar algumas maçãs. O macaco era bastante generoso e deu algumas maçãs ao crocodilo. Quando terminou perguntou ao macaco se poderia vir no dia seguinte comer mais maçãs.

O macaco disse que sim! E assim se tornaram ótimos amigos, todos os dias o crocodilo vinha comer as maçãs e conversar. O crocodilo disse ao macaco que era casado e o macaco gentilmente ofereceu algumas maçãs vermelhas a mais para levar para sua esposa. E então todos os dias o crocodilo levava maçãs vermelhas para sua esposa e sua amizade com o macaco ia se tornando cada dia maior.

Mas a esposa do crocodilo começou a ficar com ciúmes e queria acabar com a amizade deles. A esposa do crocodilo logo pensou na carne macia e gostosa do macaco. Então ela pediu ao crocodilo para convidar o macaco para jantar na casa deles.

O crocodilo não aceitou isso, mas sua esposa estava tão determinada a comer a carne do macaco que não ia desistir. Então ela elaborou um plano, fingiu estar muito doente e disse ao crocodilo que o médico disse que ela só se recuperaria se comesse o coração de um macaco. Se o marido quisesse salvar a vida dela, ele deveria trazer o coração de seu amigo.

O crocodilo ficou desesperado, não sabia o que fazer, pois amava sua esposa e também seu amigo. Sua esposa ainda completou: “Se você não pegar o coração do macaco eu vou morrer”. 

Então o crocodilo convidou o macaco para ir até a sua casa. Ele disse ao macaco que ele poderia atravessar o rio nas costas do crocodilo. O macaco concordou alegremente. Quando chegaram na metade do caminho o crocodilo começou a afundar. O macaco ficou assustado e perguntou por que ele estava fazendo isso. O crocodilo triste explicou que sua esposa estava morrendo e que precisava do coração do macaco para salvar a vida de sua esposa. O macaco era muito inteligente e disse ao crocodilo: “Posso dar meu coração para sua esposa, mas preciso fazer isso na minha árvore.”

O crocodilo bobo concordou e correu levar o macaco até a sua árvore. O macaco subiu bem rápido na árvore e disse “Diga à sua esposa malvada que ela se casou  com o crocodilo mais idiota do mundo”. E jogou uma maçã na cabeça do crocodilo!

Moral da História: Todo cuidado é pouco!

 

AS TRÊS PERGUNTAS

fabulas-pequenas-3-perguntas

O rei Arthur gostava muito de João, mas deixou um certo cortesão muito ciumento, afinal seu desejo era ser mais próximo do rei e se tornar conselheiro. Mas agora isso não seria possível já que João preencheu essa posição. Um belo dia, o Rei Arthur elogiou João em frente ao cortesão, deixando-o muito irritado e disse que o rei elogiava João injustamente e, se João pudesse responder a três de suas perguntas, ele aceitaria o fato de que João era de fato inteligente. O Rei concordou imediatamente!

As três perguntas foram

1. Quantas estrelas existem no céu?

2. Onde está o centro da Terra?

3. Qual é a coisa mais importante a ser feita na vida de um ser humano?

Para responder a primeira pergunta, João trouxe uma ovelha peluda e disse: “Há tantas estrelas no céu quanto pelos no corpo da ovelha. Você pode contá-los, se assim desejar!  

Para responder à segunda pergunta, João desenhou algumas linhas no chão e colocou uma barra de ferro e disse: "Este é o centro da Terra, o cortesão pode medir se tiver alguma dúvida".

Em resposta à terceira pergunta, João disse: “A coisa mais importante a ser feita na vida de um ser humano é o que você pode fazer com a pessoa que está com você no momento presente.”.

Moral da História: Sempre existe uma saída! Trata também do valor do momento presente e do nosso protagonismo na nossa própria vida.

 

O PORCO E A OVELHA

fabulas-pequenas-porco-ovelha

Era uma vez um pastor que encontrou um porco gordo onde suas ovelhas eram pastoreadas. Então ele foi capturar o porco e assim que o pegou o porco gritou e tentou se soltar, mas sem sucesso. O pastor levou-o para o açougue!

As ovelhas estavam felizes e se divertiram com o comportamento do porco e foram caminhando juntas ao lado do pastor. Até que uma das ovelhas perguntou ao porco: “Por que você grita tanto? Quando o pastor vem pegar uma de nós não gritamos assim".

“Mas quando ele pega vocês a única coisa que deseja é suas lãs, mas de mim é meu bacon, vou morrer”.

Moral da História: É fácil ser corajoso quando não há perigo, não julgue ou compare situações diferentes sem compreendê-las.

FÁBULAS PEQUENAS: QUEM TUDO QUER TUDO PERDE

A GAIVOTA E A TARTARUGA

fabulas-pequenas-gaivota tartaruga

Era uma vez uma gaivota que vivia em um lindo jardim encantado, ela era muito invejosa, preguiçosa e mentirosa! Nenhuma outra gaivota gostava dela, pois ela nunca ajudava em nada. Ela tinha apenas uma amiga: a tartaruga! A tartaruga era bem alegre e disposta, todos gostavam dela.

Um belo dia a tartaruga recebeu um convite para ir à festa de casamento de sua filha. A gaivota não tinha sido convidada, afinal ninguém gostava dela. Então a gaivota tentou passar a perna na tartaruga, mas se deu mal! Além de não ir a festa ainda perdeu a amizade de sua única amiga! Por isso já diz o  provérbio:"quem tudo quer tudo perde"

 

HISTÓRIAS QUE PODEM TE INTERESSAR:

7+ MELHORES HISTÓRIAS BÍBLICAS INFANTIL

10+ MELHORES HISTÓRIAS PARA DORMIR

JOÃO E MARIA HISTÓRIA INFANTIL

HISTÓRIA DA CINDERELA

10+ MELHORES FÁBULAS PEQUENAS

10+ MELHORES CONTOS DE FADAS

JOÃO E MARIA | HISTÓRIA INFANTIL

Compartilhar
Mais Notícias

"As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos dos profissionais especializados tais como médicos, advogados, nutricionistas, psicólogos e quaisquer outros profissionais relacionados ao tema descrito."