TUDO SOBRE O UMBIGO DO RECÉM NASCIDO - GUIA COMPLETO

PUBLICADO EM 20/08/2018

Seja bem-vinda à maternidade! O recém-nascido é menos frágil do que você pensa, mas deve-se ter alguns cuidados nesta fase principalmente em relação ao coto umbilical do recém nascido.

Muitas mães de primeira viagem entram em pânico só de pensar em como irão cuidar do umbigo do recém nascido, surgem muitas dúvidas e é natural esse medo. A boa notícia é que é mais fácil do que qualquer mamãe pode imaginar. Denominado de coto umbilical nada mais é do que um pequeno pedacinho do cordão umbilical que fica preso ao umbigo do recém-nascido. Sua coloração passa de branca-azulada para preta, e seu aspecto passa de gelatinoso para seco e duro conforme vai secando.

umbigo recem nascido

Mas afinal quais as principais dúvidas que surgem a respeito do umbigo do recém nascido ou mais precisamente, do coto umbilical?

  1. Por quê o recém nascido fica com esse coto umbilical?

Durante a fase em que os bebês ficam dentro do útero da mãe, o objetivo do cordão umbilical era transportar nutrientes e oxigênio para o bebê.  Quando o recém nascido nasce é cortado esse cordão umbilical até a altura de 2 cm, mais ou menos, de sua barriga. Essa pequena sobra do cordão umbilical é o coto umbilical. No momento em que o cordão umbilical do recém-nascido é cortado essa ausência de oxigênio leva à abertura de suas vias aéreas, ou seja, os pulmões. Os mesmos cuidados realizados no hospital na região do coto umbilical do recém nascido devem continuar em casa até que ele caia.

  1. Limpar o coto umbilical não provoca dor no umbigo do recém-nascido

Muitas mães imaginam que o recém-nascido sente dor durante a higiene do coto umbilical. Mas isso não é verdade! Lembre-se que o denominado coto umbilical do recém-nascido é apenas um pedaço de pele, é um tecido morto, não possui nervos e, portanto, não dói.  Realize sem receio a higiene correta do coto umbilical do recém-nascido a fim de evitar infecções. Embora não provoque dor no recém-nascido o coto umbilical não deve ser puxado, ele irá se desprender sozinho até cair.

umbigo recem nascido


Como cuidar corretamente do umbigo do recém-nascido

Primeiramente você deve lavar sempre bem as mãos antes de realizar a higiene na região do umbigo do recém-nascido. O mais indicado pelos obstetras é o uso de um cotonete que deve ser umedecido em álcool a 70% e passado em toda a área do umbigo do recém-nascido a cada troca de fralda. É importante manter o coto umbilical do recém-nascido limpo e seco a fim de evitar possíveis infecções. Quanto mais essa área puder respirar mais rápido o coto umbilical irá secar e, consequentemente, cair. Durante o banho do recém-nascido você pode lavar a região com sabonete neutro e água. Então após o banho do recém-nascido seque suavemente todo o coto umbilical com gaze limpa, caso seja necessário faça uso de cotonete e ,em seguida, passe o álcool a 70% normalmente. Não é recomendado fechar o local com faixas e a fralda precisa ser posicionada abaixo do umbigo do recém-nascido para deixar a área mais arejada e evitar a contaminação por urina e fezes. Dessa forma o coto umbilical deve secar, ficar preto e cair sozinho entre 7 e 21 dias. Após cair é necessário continuar passando álcool a 70% por mais uma semana, que é mais ou menos o tempo para o umbigo ficar bem cicatrizado. É possível que assim que o coto cair ocorra um leve sangramento, apenas limpe com álcool a 70% normalmente.

Quando e com o quê se preocupar em relação ao umbigo do recém-nascido

Existem alguns sinais de alerta em relação ao umbigo do recém-nascido e que você precisará notificar o pediatra para as devidas providências. Mau cheiro e pus amarelado na área do coto umbilical podem ser sinais de possível infecção. Se a área ao redor do umbigo estiver avermelhada ou inchada também podem ser sinais de algum tipo de infecção. Nestes casos é preciso entrar em contato com o pediatra responsável ou levar o recém nascido até um pronto socorro o mais breve possível.

Umbigo saltado ou Hérnia umbilical no recém nascido

Alguns recém-nascidos podem ficar com o umbigo um pouco saltados após a queda do coto umbilical, nada mais é do que uma hérnia umbilical. Essa hérnia umbilical não representa qualquer prejuízo a saúde do recém-nascido ou do bebê.

Na maioria dos casos não é necessário cirurgia ou outros tipos de tratamento, a hérnia umbilical pode sumir até os 2 ou de 3 anos de idade do bebê em função do desenvolvimento natural da musculatura do abdômen. O pediatra responsável analisará o caso específico e saberá como orientar a família.

Mais Notícias