13+ MELHORES LENDAS DO FOLCLORE BRASILEIRO | CONFIRA!

PUBLICADO EM 06/08/2019

lendas-folclore-brasileiro

Estamos próximos do dia 22 de Agosto, data em que é celebrado o Folclore em nosso país. Que tal conhecer um pouco sobre a História do Folclore Brasileiro, suas lendas e personagens? Reunimos FATOS HISTÓRICOS, LENDAS E PERSONAGENS DO FOLCLORE BRASILEIRO que fazem parte da identidade de nosso país. Vamos conferir?

HISTÓRIA DO FOLCLORE BRASILEIRO

Antigamente devido à falta de conhecimento científico era difícil encontrar explicações para os mais variados fenômenos da natureza, então muitas lendas e personagens mitológicos ganhavam vida em meio para dar sentido as coisas e passar alguma mensagem. Devido à riqueza e a miscigenação de tradições dos povos europeus, africanos e os próprios povos que aqui habitavam surgiram diversas lendas e mitos folclóricos. Em cada região do Brasil existem peculiaridades do folclore brasileiro, ou seja, em algumas regiões determinadas lendas e personagens são desconhecidos ou tem pouca notoriedade que em outras regiões. As Lendas do Folclore Brasileiro são representadas por personagens fantásticos e mitológicos através de mitos e lendas narradas de geração em geração em todo o Brasil.  Muitas destas lendas surgiram da própria imaginação das pessoas para assustar ou simplesmente para transmitir ensinamentos de vida. Podemos afirmar que muitas lendas do Folclore Brasileiro são uma mistura de fatos históricos brasileiros com fatos reais e outros de pura fantasia.

O Folclore Brasileiro faz parte da identidade de nosso país através das lendas, festas, danças, comidas típicas e brincadeiras folclóricas que ocorrem em todo o território brasileiro.

O Folclore Brasileiro é comemorado no dia 22 de agosto!

 LENDAS E PARLENDAS DO FOLCLORE BRASILEIRO

LENDAS DO FOLCLORE BRASILEIRO

Vamos conferir as principais lendas, parlendas e personagens do folclore brasileiro:

LENDAS DO FOLCLORE BRASILEIRO | IARA

https://cursodebaba.com/images/lendas-folclore-brasileiro-iara-sereia.png

Iara é uma lenda de origem tupi e uma das mais famosas em nosso folclore, também conhecida por Uiara é a ‘Senhora das Águas’ ou ‘Mãe da Água’. De acordo com a lenda Iara é uma bela sereia que vive no rio Amazonas, possui cabelos longos verdes enfeitados de flores vermelhas e olhos castanhos e tem como objetivo atrair os pescadores com suas doces canções a fim de matá-los. De acordo com a lenda, Iara tinha sido uma linda índia que despertava a inveja e maldade de muitas pessoas, inclusive de seus irmãos, que acabaram matando-a.  Assim para se vingar Iara torna-se uma bela sereia e mata todos os homens que consegue atrair.

 

LENDA DO FOLCLORE BRASILEIRO | SACI-PERERÊ

A lenda do Saci Pererê é de origem tupi-guarani e é representada por um menino negro que tem uma perna só, fuma cachimbo e usa um gorro vermelho que lhe concede poderes mágicos. De acordo com a lenda esse menino é bem levado e adora aprontar travessuras, aparece e desaparece do nada! Além disso gosta de assustar animais, montar em cavalos, dar nó em suas crinas, queimar comida e acordar pessoas com gargalhadas.

 

LENDA DO FOLCLORE BRASILEIRO | CURUPIRA

Trata-se de uma das lendas mais populares do Brasil, também conhecida como Caipora ou Caiçara. De acordo com a lenda, Curupira ou o ‘demônio da floresta’, tem o corpo coberto por pelos vermelhos, dentes verdes e os pés virados para trás (para confundir quem o segue através de suas pegadas), é uma entidade sobrenatural que habita as florestas, tem aparência de menino e está sempre montado em um porco do mato. Seu objetivo de proteger a natureza dos caçadores. Consegue ressuscitar os animais abatidos através de sua lança, seu arco e ordem verbal.

 

LENDA DO FOLCLORE BRASILEIRO | MULA SEM CABEÇA

A lenda da Mula Sem Cabeça é com certeza a lenda mais conhecida em nosso país e pode ser identificada por ‘Mulher de Padre’ ou ‘Mula Preta’, por exemplo. De acordo com a lenda existia uma Mula preta ou de cor escura, relincho estridente, ferraduras de aço ou prata e que no lugar da cabeça tinha uma grande tocha de fogo a aparecia sempre que uma mulher tivesse algum relacionamento amoroso com um padre. Assim poderia ser enfeitiçada pela mula e virar uma mula sem cabeça. Outra versão bem conhecida também, diz que se uma mulher tivesse relações com seu namorado antes de se casar viraria também uma mula sem cabeça. O encantamento só desaparecia quando o galo cantasse três vezes de manhã, assim a mulher voltava à sua normalidade, bem cansada e ferida. A única maneira de acabar com o feitiço era arrancar os freios da mula ou furá-la com um alfinete que nunca tivesse sido usado a fim de tirar-lhe sangue, mesmo que fosse apenas uma gota.

 

LENDA DO FOLCLORE BRASILEIRO | BOITATÁ

lendas-folclore-brasileiro-boita

A lenda do Boitatá tem origem tupi guarani e segundo ela Boitatá é uma grande serpente de fogo que tem o objetivo de proteger os animais e a natureza daqueles que lhe fazem mal.  A lenda prega que se uma pessoa chegar a encarar de frente a serpente de fogo pode ficar cega e confusa. Acredita-se que essa lenda surgiu para por fim às diversas queimadas ocorriam nas florestas pelo homem.

 

LENDA DO FOLCLORE BRASILEIRO | BOTO COR DE ROSA

lendas-folclore-brasileiro-boto

A lenda do Boto cor de rosa tem origem amazônica e diz que o boto sai do rio e se transforma em um lindo rapaz elegante com chapéu branco que encanta as jovens solteiras, em bailes e festas e as seduz. Então leva a jovem que conquistou para perto do rio e a engravida. Antes da madrugada chegar, mergulha nas águas do rio para transformar-se novamente em um boto já que seu encantamento só acontece à noite.

 

LENDA DO FOLCLORE BRASILEIRO | CUCA

lendas-folclore-brasileiro-cuca

A Cuca tem origem portuguesa, foi trazida na época da colonização e é um dos principais seres mitológicos do nosso folclore. Segundo a lenda ela é bruxa velha com aparência horrível e tem cabeça de jacaré, unhas imensas, voz horripilante e rouba crianças desobedientes. Ainda segundo a Lenda, a Cuca dorme apenas uma noite a cada 7 anos, então os pais assustavam seus filhos dizendo que se elas não dormirem, a Cuca irá pegá-las.

 

LENDA DO FOLCLORE BRASILEIRO | NEGRINHO DO PASTOREIO

 lendas-folclore-brasileiro-negrinho-pastoreio

A lenda do Negrinho do Pastoreio tem origem afro-cristã e é mais presente no Rio Grande do Sul de nosso país. Trata-se de um menino escravo que tinha um patrão que era muito maldoso. Em um dia durante à época da escravidão quando o Negrinho foi pastorear os cavalos, acabou perdendo um cavalo baio. Como castigo, o patrão bateu e usou de toda a violência contra o pobre menino, além de jogá-lo num formigueiro. De repente o Negrinho do Pastoreio aparece montado no cavalo baio ao lado da Virgem Maria, sem nenhuma marca ou ferida em seu corpo. O patrão se jogou no chão pedindo perdão, mas o negrinho não respondeu, apenas partiu com seu baio. Assim começou-se a acreditar que quando qualquer pessoa perdia um a coisa pela noite o Negrinho procurava e achava, mas só entregava a quem acendesse uma vela, cuja luz ele levava para pagar a do altar de sua madrinha, a Virgem, Nossa Senhora.


PARLENDAS DO FOLCLORE BRASILEIRO

lendas-folclore-brasileiro-parlendas

As Parlendas fazem parte do folclore brasileiro, e muitas vezes são versos infantis ritmados, de fácil memorização e criados para divertir as crianças. Vamos conhecer algumas Parlendas do Folclore Brasileiro?

 

“Batatinha quando nasce,

Se esparrama pelo chão,

Menininha quando dorme,

Põe a mão no coração.”

 

“Um, dois, feijão com arroz

Três, quatro, feijão no prato

Cinco, seis, falar inglês

Sete, oito, comer biscoitos

Nove, dez, comer pastéis.”

 

“Hoje é domingo, pede cachimbo

Cachimbo é de barro, dá no jarro

O jarro é fino, dá no sino

O sino é de ouro, dá no touro

O touro é valente, dá na gente

A gente é fraco, cai no buraco

O buraco é fundo, acabou-se o mundo!”

 

“Pedrinha rolou,

Pisquei pro mocinho,

Mocinho gostou.

Contei pra mamãe,

Mamãe nem ligou.

Contei pro papai,

Chinelo cantou.”

 

“Eu sou pequena

Da perna grossa.

Vestido curto,

Papai não gosta.”

 

“Uni duni tê

Salamê min guê

O sorvete colorido

O escolhido foi você!”

 

 

“Corre cutia, na casa da tia.

Corre cipó, na casa da avó.

Lencinho na mão, caiu no chão.

Moça bonita, do meu coração ...

Um, dois, três!”

 

“Meio dia,

Panela no fogo,

Barriga vazia.

Macaco torrado,

Que vem da Bahia,

Fazendo careta,

Pra dona Sofia.”

 

“Quem cochicha,

O rabo espicha,

Come pão

Com lagartixa"

 

"O macaco foi à feira

não teve o que comprar.

Comprou uma cadeira

pra comadre se sentar.

A cadeira esborrachou

coitada da comadre.

Foi parar no corredor."

 

"Rei, capitão,

soldado, ladrão.

moça bonita

Do meu coração."

 

“Lá em cima do piano

tem um copo de veneno.

quem bebeu, morreu,

o azar foi seu.”

 

“Papagaio louro

Do bico dourado

Leva essa cartinha

Pro meu namorado

Se tiver dormindo

Bate na porta

Se tiver acordado

Deixe o recado.”

 

 “Cadê o toucinho que estava aqui?

O gato comeu.

Cadê o gato?

Foi pro mato.

Cadê o mato?

O fogo queimou.

Cadê o fogo?

A água apagou.

Cadê a água?

O boi bebeu.

Cadê o boi?

Foi carregar trigo.

Cadê o trigo?

A galinha espalhou.

Cadê a galinha?

Foi botar ovo.

Cadê o ovo?

O frade comeu.

Cadê o frade?

Tá no convento.”

 

“A casinha da vovó

trançadinha de cipó;

se o café está demorando

com certeza falta pó.”

 

FOLCLORE BRASILEIRO LENDAS DESCONHECIDAS

O folclore brasileiro possui manifestações em várias regiões o que permite que algumas lendas sejam apenas regionais. Vamos apresentar algumas lendas desconhecidas ou pouco conhecidas.  

LENDA DO COMADRE FLORZINHA OU COMADRE FULOZINHA

Trata-se de uma mulher cabocla ou uma espécie de fada pequena, que vive nas florestas nordestinas. Com cabelos compridos e com flores coloridas para enfeitá-los, prega sustos nos caçadores e pessoas que maltratam a natureza.

LENDA DO COBRA NORATO

Segundo a lenda um homem Cobra Norato era filho de uma índia com um Boto e se transforma em uma cobra gigante durante o dia. Cobra Norato possuía uma irmã gêmea e foram jogados no Rio logo após o nascimento. Enquanto Cobra Norato era bom e gentil, sua irmã era muito malvada. A lenda explica que um dia Cobra Norato não aguentando mais as crueldades de sua irmã a mata e o encanto é desfeito com a ajuda de um amigo.

LENDA DO CORPO-SECO

De acordo com a Lenda, Corpo Seco é uma assombração que fica assustando as pessoas nas estradas. Quando estava vivo era um homem que fazia muitas maldades e maltratava a todos, inclusive sua própria mãe. Quando morreu acabou sendo rejeitado por Deus e teve que viver como uma alma penada.

LENDA DA PISADEIRA

A lenda trata de uma mulher conhecida como ‘Pisadeira’, é uma velha de aparência assustadora, olhos vermelhos, gargalhadas malignas, com unhas gigantes e que usa chinelos. Durante as madrugadas ela pisa sob os telhados das casas e escolhe uma para entrar. A Pisadeira costuma pisar na barriga de pessoas que dormem com o estômago cheio e paralisá-las. A vítima consegue vê-la mas fica sem movimentos para fugir.

 

TODOS OS PERSONAGENS DO FOLCLORE BRASILEIRO

https://cursodebaba.com/images/lendas-folclore-mula.jpg

O folclore brasileiro é rico em personagens, cada qual com sua lenda e raízes, vamos conhecê-los?

IARA, SACI PERERÊ, MULA SEM CABEÇA, NEGRINHO DO PASTOREIRO, CUCA, BOITATÁ, CURUPIRA, LOBISOMEM, BOTO, VITÓRIA RÉGIA, CAIPORA, COBRA GRANDE, COMADRE FLORZINHA, CORPO SECO E ERVA-MATE, MÃE DE OURO, PISADEIRA, CAPELOBO, COBRA NORATO.

 

Você pode se interessar por:

10 + MELHORES BRINCADEIRAS FOLCLÓRICAS

35+ MELHORES ADVINHAS FOLCLÓRICAS

100+ MELHORES DITADOS POPULARES DO FOLCLORE

 

Compartilhar
Mais Notícias

"As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos dos profissionais especializados tais como médicos, advogados, nutricionistas, psicólogos e quaisquer outros profissionais relacionados ao tema descrito."