BLOG

GUIA COMPLETO DO DESENVOLVIMENTO INFANTIL

PUBLICADO EM 27/09/2018

O desenvolvimento infantil começa a partir do nascimento do bebê e percorre diversas fases em um processo contínuo de conquistas de habilidades e autonomia. Vamos acompanhar de acordo com a idade?

Friedrich Froebel (1782-1852) considerava  a pureza e verdadeira essência das crianças uma vez  que  ainda não haviam sido “contaminadas” pelo convívio social dos homens, assim enfatizava a importância da Educação Infantil sendo indispensável para  a formação da criança. Na atualidade a criança é definida como produtora e reprodutora de cultura, ou seja, ela se apropria de conhecimento porém também deixa a sua marca, pois traz consigo uma bagagem cultural.

desenvolvimento infantil fases

Na Educação Infantil atual a ideia do cuidar e educar caminham juntos, não se restringe apenas ao cuidar. As experiências diversas oferecidas pela Educação Infantil favorecem o desenvolvimento e formação integral da criança.  Unir cuidados e conteúdos é uma preocupação que hoje está mais presente no dia a dia das escolas, das famílias e cuidadoras de crianças ou babás.

Durante as refeições você pode estabelecer diálogos  com o bebê, estimulando-o a olhar para os alimentos que tem em seu pratos, as cores desses alimentos e a estrutura dos mesmos, ou seja, se são molinhos ou mais crocantes, e por aí vai! Seja criativa!

A partir do primeiro mês o bebê pode ter um aumento de peso de  20 a 30 gramas por dia até o terceiro mês de vida. Logo após o nascimento o bebê permanece na postura global de flexão, que é a postura que o bebê ficava quando estava dentro do útero materno, todo encolhido. A partir dos 4 a 6 meses o bebê pode ter um aumento de peso de 15 a 20 gramas por dia e já começa a ativar a musculatura das costas e jogar o peso para um bracinho e esticar o outro para pegar alguma coisa. A partir dos 6 meses o bebê já não gosta mais de ficar de barriga para cima, ele gosta de movimentar-se, então o bebê vai preferir rolar e ficar na posição de barriga para baixo. E nesta posição o bebê vai ser capaz de distribuir seu peso entre seus membros superiores e membros inferiores para poder engatinhar. Vamos ver algumas brincadeiras e estímulos para Bebês de 0 a 12 meses:

DESENVOLVIMENTO INFANTIL DE 0 A 12 MESES:

CONVERSE COM O BEBÊ, GESTICULE E MASSAGEIE O BEBÊ (Desenvolvimento Infantil)

desenvolvimento infantil conversar

É muito importante que você converse bastante com o bebê para ele ir acostumando com sua voz. Mexa bastante com suas mãos bem próximo a linha de visão dos bebês (até o terceiro mês a visão é bastante deficitária ainda, entre é preciso aproximar), massageie de forma suave e carinhosa.

TATEANDO (Desenvolvimento Infantil)

A partir dos 4 para 5 meses alguns bebês já prestam atenção maior a tudo que está ao seu redor, então abuse de cores nos chocalhos, molho de chaves de brinquedo, e outros brinquedinhos próprios para a idade para poderem tatear! Assim que o pescoço do bebê estiver mais firme (a partir dos 4 meses mais ou menos), deixe-o de bruços e tente atrair sua atenção com objetos coloridos para que tente alcançá-lo. Isso irá estimulá-lo a rolar e, mais para frente, arrastar-se e também a engatinhar.

ESCONDE-ESCONDE (Desenvolvimento Infantil)

A partir dos 4 a 6 meses você já pode iniciar o esconde-esconde com o bebê com a própria fraldinha de pano que ele usa ou uma cobertinha que ele adore. Você esconde o seu rostinho e aparece sempre interagindo e tentando fazê-lo sorrir e a participar do seu jeito e de acordo com suas possibilidades.

desenvolvimento infantil esconde esconde

GESTOS E MOVIMENTOS (Desenvolvimento Infantil)

Estimule o bebê a fazer o “tchauzinho”, mandar beijo, bater palmas, fazer caretas, apontar o nariz, o pé, a barriguinha e demais partes do corpo. Assim você também estará trabalhando a linguagem, coordenação motora e vocabulário.

CAIXA SURPRESA (Desenvolvimento Infantil)

Muito utilizada em escolinhas e por muitas babás, a Caixa Surpresa é muito apreciada pelos bebês. Dentro de uma caixa você pode colocar materiais diversos: bichos de pelúcias, um porta-retrato, uma garrafinha de plástico, uma colher, um óculos de brinquedo, e o que desejar! Você pode fazer um orifício grande o suficiente para que o bebê coloque a mão lá dentro e consiga pegar o objeto, estimulando sempre sua imaginação, perguntando o que será que tem lá dentro. Apenas se atente para não colocar nada que o bebê possa engolir ou se machucar. Eles adoram!

ENCAIXAR E EMPILHAR (Desenvolvimento Infantil)

Existem brinquedos próprios para isso, trabalham muito a coordenação motora, além de estimular a criatividade e a identificação das cores.

PROCUROU E ACHOU (Desenvolvimento Infantil)

 Os bebês adoram quando um adulto pede para ele buscar algum objeto e conseguem encontrá-lo. Por exemplo pegar o próprio sapato para passear, estimulando a própria autonomia e identidade do bebê. É uma ótima hora para trabalhar as cores: “onde está a sua sapatilha ROSA?” São infinitas possibilidades!

BANHO MÁGICO (Desenvolvimento Infantil)

Quando o bebê está na banheira, você pode conversar com ele enquanto lava o seu pé, narrando como isto está sendo feito. Diga como está a temperatura da água, abuse de interjeições para dizer como o banho é gostoso! Nomeie as partes do corpo do bebê enquanto estiver dando o banho. Ofereça brinquedos de banho e interaja através de diálogos!

A partir de 1 aninho as crianças ficam com a curiosidade cada dia mais aguçada, então haja criatividade para produzir sempre uma novidade, pois elas se cansam facilmente dos brinquedos que têm no quarto. Importante destacar que em relação ao desenvolvimento motor, o tempo médio para a criança começar a andar varia bastante de caso para caso, muitas iniciam a partir de 1 ano, mas apenas o pediatra que acompanha a criança vai poder afirmar a normalidade ou não da demora de uma criança no processo de andar sozinha. Geralmente quando a criança responde e se interessa pelos estímulos não há grandes preocupações.


PRINCIPAIS MARCOS E CONQUISTAS NO DESENVOLVIMENTO INFANTIL EM CRIANÇAS DE 1 A 2 ANOS

Trata-se de uma fase exploratória ou das descobertas, onde as crianças correm pela casa toda e já conseguem andar sem apoio:

  • O equilíbrio e a coordenação motora vão melhorando a cada dia
  • Consegue abaixar-se sem cair
  • É capaz de virar páginas de livros
  • Gosta de pegar giz de cera para rabiscar
  • Sua oralidade vão ganhando campo e suas primeiras palavras poderão ser ouvidas
  • Dificuldade em entender regras e combinados nesta fase, sendo comum as famosas birras e manhas
  • É provável que o bebê após 1 ano e meio já comece a selecionar os alimentos
  • Próximo dos dois anos alguns bebês já conseguem formar frases bem curtas de três palavras, é o início de sua comunicação efetiva com os adultos.

PRINCIPAIS MARCOS E CONQUISTAS NO DESENVOLVIMENTO INFANTIL EM CRIANÇAS DE 2 A 3 ANOS

desenvolvimento infantil 2 a 3 anos

  • Já tem uma compreensão melhor do que é dito pelas pessoas mais próximas a ele
  • Fase da imitação, adoram imitar o que os adultos fazem ou falam!
  • Os livros ganham atenção especial no processo de estimulação nesta fase
  • Por volta dos dois anos muitos bebês já começam a avisar quando fazem xixi ou cocô na fralda
  • Essa fase é marcada também pela socialização do bebê com outras crianças e torna-se um estímulo a mais para melhorar suas habilidades de comunicação
  • Nessa faixa etária é comum os bebês explorarem o mundo ao seu redor com o próprio corpo
  • Encontra-se em amplo desenvolvimento e as experiências que vivencia são aproveitadas ao máximo
  • A criança entende melhor as regras e a compartilhar seus brinquedos
  • Começa a desenvolver a noção de tempo e espaço
  • Capaz de chutar a bola sem perder o equilíbrio
  • Já gosta de escolher suas próprias roupas de acordo com suas preferências
  • Tenta impor suas vontades
  • Fala de si mesma na terceira pessoa
  • Adora dançar e acompanhar o ritmo

 PRINCIPAIS MARCOS E CONQUISTAS NO DESENVOLVIMENTO INFANTIL EM CRIANÇAS DE 3 A 5 ANOS

desenvolvimento infantil 3 a 5 anos

  • O ritmo de crescimento físico já não é tão rápido quanto antes
  • É compreensível para os adultos
  • Já sabe seu nome, consegue escrevê-lo sozinho ou com o auxílio de uma plaquinha ou crachá
  • Sabe seu sexo e sua idade
  • Sua curiosidade aumenta a cada dia, assim como os chamados “ por quês?”
  • Sua sensibilidade também é bem aguçada, ocorre nessa fase os denominados “choros sentidos”
  • Essa sensibilidade pode também se manifestar na forma de medo de alguns animais, do escuro, de pessoas estranhas ou personagens
  • A partir dos 4 anos as atividades em grupos na Escola são muito bem vindas pelas crianças que estão na fase de socializar-se
  • O diálogo com o adulto é mais eficaz, seja pedindo ajuda, contando alguma coisa que aconteceu no seu dia ou expressando seu carinho
  • Perto dos 5 anos a criança começa a ter mais autoconfiança
  • Adora usar fantasias e se sentir os verdadeiros heróis e heroínas
  • Entre os 4 e 5 anos consegue utilizar a tesoura para recortar tracejados de desenhos, linhas e curvas

Os hábitos dos adultos começam de fato a fazer parte dos seus hábitos, como escovar os dentes, tirar o pijama, tomar o café da manhã, calçar os sapatos.         

 

Mais Notícias