TUDO SOBRE CÓLICA NA GRAVIDEZ [GUIA PRÁTICO]

PUBLICADO EM 18/02/2019

Um dos problemas mais comuns e incômodos que a mulher grávida enfrenta é a cólica. Neste post você encontrará um guia prático e completo sobre cólica na gravidez em diferentes estágios, suas causas, o que fazer e quando ligar para o médico.

CÓLICA GRAVIDEZ É NORMAL?

“É normal sentir cólicas na gravidez”? Se esta dúvida também paira sobre sua cabeça, saiba que você não está sozinha, trata-se de um sintoma bem comum entre as mulheres grávidas. Na maioria dos casos, as cólicas leves não devem ser motivo de preocupação  já que é apenas um dos sintomas da gravidez precoce. Normalmente a cólica é um sinal de que seu corpo está se preparando para receber e adaptar o bebê dentro de seu útero. É bem comum também sentir cólicas durante a gravidez enquanto espirra, tosse ou troca de posição.

COMO É AS CÓLICAS NO INÍCIO DA GRAVIDEZ?

No início da gravidez as cólicas inferiores acontecem porque o útero se expande, fazendo com que os ligamentos e músculos que sustentam o útero se estiquem. Embora a cólica na gravidez seja comum em gestantes, é importante descobrir quando as cólicas podem ser um sinal de alerta.O normal é sentir cólicas leves no início da gravidez, podendo desaparecer facilmente sem qualquer cuidado específico. Mas se você sentir cólicas frequentes e fortes pode ser um sinal de complicação na gravidez. Consulte seu médico!

CÓLICAS DURANTE O PRIMEIRO TRIMESTRE DE GRAVIDEZ

colica gravidez inicio

É NORMAL SENTIR CÓLICA NA GRAVIDEZ COM 3 MESES

Como vimos anteriormente as cólicas são comuns e normais durante a gravidez. Porém se as cólicas abdominais inferiores forem seguidas de dor durante a micção podem ser sinal de infecção urinária. Neste caso você precisa avisar seu obstetra para que a infecção  do trato urinário não piore e aumente, podendo levar a uma sensação de queimação, sangue na urina, dor lombar e até mesmo infecção nos rins. Algumas mulheres sentem cólicas abdominais leves e de curta duração durante o sexo ou após um orgasmo devido ao aumento do fluxo sanguíneo para a região pélvica, o que é normal.

É POSSÍVEL SENTIR CÓLICAS NA GRAVIDEZ COM 4 SEMANAS, 5 SEMANAS OU 6 SEMANAS?

Sim, como vimos esse processo de dilatação muscular do útero causa cólica durante a gravidez. Vamos entender todas as principais causas de cólica na gravidez durante o primeiro trimestre.

IMPLANTAÇÃO DO EMBRIÃO NA PAREDE DO ÚTERO: durante as primeiras 3 semanas de gravidez é possível que a implantação do embrião na parede do útero provoque cólicas na gestante. Pode ocorrer também um leve sangramento devido à essa implantação.

AMPLIAÇÃO DO ÚTERO: à medida que o útero dilata pode ocorrer extensão dos músculos e ligamentos que suportam o útero, causando cólicas.

GASES:  outra causa comum de cólicas durante a gravidez são o aumento de gases neste período, uma vez que os hormônios retardam o processo de digestão e aumentam a pressão do útero em crescimento no estômago e nos intestinos, resultando em constipação. 

EXTENSÃO DE LIGAMENTOS: por volta as 12 semanas a gestante pode sentir dores agudas em um ou nos dois lados da virilha enquanto se levantam, alongam ou torcem devido à extensão dos ligamentos que sustentam o seu útero.  

GRAVIDEZ ECTÓPICA: quando o óvulo fertilizado implantado fora do útero chamamos de ‘gravidez ectópica’ e pode causar cólicas fortes seguida também por sangramento. Trata-se de um tipo de gravidez que não se desenvolve e requer intervenção médica urgente.

ABORTO ESPONTÂNEO: se ocorrer sangramentos, manchas de sangue na calcinha associada a cólica bem acentuadas entre em contato com seu médico urgente, pois pode ser um sinal de aborto espontâneo. Com pronto atendimento muitas vezes é possível é possível continuar com uma gravidez saudável e sem problemas até o final.


CÓLICAS DURANTE O SEGUNDO TRIMESTRE [DÚVIDAS: CÓLICA NA GRAVIDEZ 5 MESES E ‘‘É NORMAL SENTIR CÓLICA NA GRAVIDEZ COM 4 MESES’’]

https://cursodebaba.com/images/colica-gravidez-inicio.jpg

Vamos entender agora as principais causas de cólicas durante a gravidez no segundo trimestre.

DOR NO LIGAMENTO REDONDO:  O motivo mais comum de cólicas no segundo trimestre é a dor do ligamento redondo, que é um músculo que suporta o útero. Deve-se à extensão deste músculo à medida que a gravidez avança, podendo surtir em uma cólica aguda ou penetrante.

GRAVIDEZ DE MÚLTIPLOS: no caso de gravidez de múltiplos, o útero crescerá mais rapidamente para atingir as proporções ideais para o terceiro trimestre, provocando cólicas.

MIOMAS UTERINOS: miomas no útero podem ocorrer em algumas mulheres durante o segundo trimestre de gravidez. Os miomas uterinos também provocam cólicas fortes e precisam de atenção médica.

ABRUPÇÃO PLACENTÁRIA: a abrupção placentária ocorre quando a placenta se separa do útero antes de o bebê nascer, provocando dolorosas cólicas e com alto risco de vida.

PRÉ-ECLÂMPSIA: se você for diagnosticada com pré-eclâmpsia sentirá muitas cólicas, trata-se de uma complicação da gravidez, causando alterações nos vasos sanguíneos e levando à pressão alta.


CÓLICAS DURANTE O TERCEIRO TRIMESTRE

PRINCIPAIS DÚVIDAS: “É NORMAL SENTIR CÓLICA NA GRAVIDEZ COM 7 MESES?” “É NORMAL SENTIR CÓLICA NA GRAVIDEZ COM 8 MESES?”

https://cursodebaba.com/images/colica-gravidez-durante.jpg

[CÓLICA NA GRAVIDEZ 32 SEMANAS E CÓLICA NA GRAVIDEZ 34 SEMANAS]

Veja agora as principais causas de cólicas no terceiro trimestre de gravidez:
CONTRAÇÕES DE BRAXTON HICKS:  durante o terceiro trimestre de gravidez podem ocorrer cólicas devido às contrações de Braxton Hicks, também chamadas de contrações práticas. Caracterizada por contrações uterinas esporádicas, essas cólicas são a maneira de se preparar para o trabalho de parto. É importante determinar se as cólicas durante este trimestre indicam trabalho de parto prematuro.

TRABALHO DE PARTO PREMATURO: a grávida no terceiro trimestre de gravidez pode sentir sinais de cólicas durante o trabalho de parto prematuro. À medida que o bebê cresce, aumenta a pressão no colo do útero e pode começar a dilatar-se mesmo antes das 37 semanas.

O QUE POSSO TOMAR PARA CÓLICA NA GRAVIDEZ? [CÓLICA- GRAVIDEZ O QUE TOMAR]

Pode tomar buscopan na gravidez?”, é uma pergunta muito comum entre as grávidas que sentem cólicas. Após a avaliação médica do obstetra e constatar a real causa da cólica na gestante é possível sim tomar Buscopan para aliviar a cólica na gravidez.  O obstetra pode, inclusive, prescrever outros medicamentos de acordo com o diagnóstico da gestante. Mas não se automedique, há uma série de remédios que a grávida não pode tomar e que são altamente prejudiciais ao bebê.  Seja responsável, fale com seu médico a respeito!

Tente relaxar durante os epsódios de cólicas, respire calmamente, isso ajudará a passar. De qualquer maneira é imprescindível que você se atente em quantas vezes por dia teve cólicas surgiram e quais fatores fizeram com que elas melhorassem ou piorassem.

DICAS PARA ALIVIAR AS CÓLICAS DURANTE A GRAVIDEZ

Embora as cólicas durante a gravidez sejam praticamente inevitáveis, você pode fazer algumas coisas para aliviar esse desconforto. Veja agora algumas dicas para lidar com esse desconforto durante a gravidez:

 SENTE-SE, DEITE-SE OU ENTÃO MUDE DE POSIÇÃO: às vezes só o ato de mudar de posição, alternando as posições e realizando leves alongamentos já podem causar grande alívio nas cólicas durante a gravidez.

TOME EM UM BANHO MORNO: tente relaxar com um banho bem morninho e gostoso, isso ajuda bastante a relaxar todo o corpo e consequentemente as cólicas.

EXERCÍCIOS FÍSICOS SUPERVISIONADOS: converse com seu médico sobre realizar exercícios físicos durante a gravidez, existem exercícios de Ioga e Pilates, por exemplo, que são específicos para gestantes. Mas nada de fazer sem conversar com seu médico antes ou por conta própria!

MASSAGENS LEVES NA BARRIGAS: você pode realizar massagens suaves em sua barriga com o intuito de oferecer alívio para as cólicas.

ROUPAS LEVES: use roupas leves, folgadas e próprias para gestante.

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL: hidrate-se bem, coma frutas e vegetais frescos e tente ignorar alimentos altamente processados ??para evitar a constipação e consequentemente as cólicas. Gostou deste post?

Quer saber COMO EVITAR DE FORMA PRÁTICA E EFICAZ AS ESTRIAS NA GRAVIDEZ, clique aqui!

Veja também:

https://bebe.abril.com.br/gravidez/sentir-colicas-na-gravidez-e-normal/

 

Compartilhar
Mais Notícias