BLOG

BABÁ PERNOITE NO SERVIÇO, É POSSÍVEL?

PUBLICADO EM 09/03/2016

Situações como essa são possíveis, mas o empregado não deve ser demandado por mais de 2 horas de serviço após o término de sua jornada de trabalho.

No caso das babás que moram ou dormem no local de trabalho, o importante será sempre poder aferir se estão de fato submetidos aos limites da jornada diária e semanal, não sendo demandados para qualquer tipo de trabalho após o encerramento da jornada que poderá tão somente ser acrescida, excepcionalmente, de até duas (2) horas extras.


Como recomendação aos empregadores, é relevante que evitem fazer qualquer tipo de solicitação que venha a retirar o trabalhador doméstico de seu descanso. Assim, o empregado pode dormir no serviço normalmente, mas se a jornada de trabalho dele termina por exemplo às 18:00h, é necessário que ele não seja demandado de mais nenhum serviço após esse período e caso seja, as horas extras devem ser computadas e pagas, não podendo ser superior a 2 horas por dia.

Mais Notícias