PORTAL DE NOTÍCIAS

10+ ATIVIDADES PARA CRIANÇAS COM SÍNDROME DE DOWN

PUBLICADO EM 24/07/2020

atividades-criancas-sindrome-de-down

A Síndrome de Down também conhecida por Trissomia 21 é uma condição na qual uma pessoa nasce com um cromossomo a mais. De forma geral, as crianças com síndrome de Down apresentam atrasos nos marcos de desenvolvimento, nas funções motoras e mentais, além da hipotonia (baixo tônus muscular). Essas características podem variar bastante de criança para criança, no entanto, crianças com síndrome de Down podem viver vidas saudáveis.

As crianças com síndrome de Down são capazes de aprender coisas novas e podem desenvolver muitas habilidades. Confira as atividades incríveis e divertidas para crianças com síndrome de Down que separamos.

1- Tapete Mágico

atividades-criancas-down-tapete

É importante estimular a consciência corporal em crianças com síndrome de Down favorecendo o seu desenvolvimento cognitivo.

Material: tapete, cobertor, papelão grosso

Espaço: é necessária uma superfície lisa para esta atividade (sala grande)

Na atividade Tapete Mágico a criança se deita em um tapete ou cobertor e um adulto a puxa. Uma ideia também é amarrar uma corda no cobertor puxando-o com a criança. Assim, a atividade pode ser adaptada também para uma criança com deficiência motora. É, por exemplo, uma brincadeira divertida de movê-los de uma sala para outra ou de um cômodo para outro. O elemento mais importante nesta brincadeira é o prazer do movimento, dessa forma você que estimula a criança a mover seu corpo de forma independente. Trata-se de uma atividade simples e que proporciona muito prazer!

2- Deitado nas Nuvens

atividades-criancas-down-deitar

As crianças com síndrome de Down costumam apresentar dificuldade no processamento sensorial, ou seja, como o tônus muscular é baixo, eles não sentem o corpo adequadamente. Muitas vezes as crianças com síndrome de Down não gostam de serem tocadas, têm mais dificuldade de se sentirem firmes no chão e encontrar atividades e brincadeiras lúdicas são maneiras de permitir que elas reajam ao serem tocadas. Como resultado, eles se tornam mais conscientes de seu corpo e seus movimentos. Assim, eles prestam mais atenção ao que estão fazendo e são mais capazes de reagir ao seu ambiente.

Uma maneira de ajudar a criança com síndrome de Down a exercitar os músculos e também sentir as diferentes partes do seu corpo é deixá-la deitar-se sobre algo. Por isso, a atividade Deitado nas Nuvens é uma boa ideia!

Material: animais de pelúcia longos e fofinhos, rolos de sacos bolhas, rolinhos de toalhas

Espaço: superfícies planas e lisas

A criança deve deitar-se de bruços ou em cima dos animais de pelúcia (ou de outros materiais que você selecionou) e você deve tentar puxá-los. A criança, por sua vez, tentará impedir a sua ação pressionando seu corpo e músculos sob o material.

3- Bolo de Argila

atividades-criancas-down-argila

É comum que as crianças com síndrome de Down apresentem dificuldade na coordenação motora finaElas podem estranhar o toque e ter dificuldade para segurar objetos, por isso atividades que estimulem a coordenação motora fina são muito apropriadas. Experiências sensoriais como manipulação da argila, tinta para os dedos, água e areia, contribuirá na atenção e concentração, além de promover uma consciência do que está fazendo.

Material: argila ou massinha de modelar

Espaço: espaços internos ou ao ar livre

O Bolo de Argila consiste na manipulação da argila com o intuito de esculpir um bolo de aniversário ou de chocolate. Se a criança tiver outra preferência incentive-a a esculpir outras formas. Como opção para ambientes internos temos as conhecidas massinhas de modelar.  Em ambas as opções é interessante oferecer palitos de sorvetes ou modeladores de plástico que auxiliam na produção das crianças. O uso das duas mãos ajuda as crianças com síndrome de Down a manter o foco nessa atividade e são excelentes para fortalecer os músculos dos dedos e das mãos.

Outra maneira de desenvolver habilidades motoras finas é praticar o corte de diferentes tipos de papel. Obviamente, use uma tesoura segura e própria para a idade da criança. As crianças podem praticar o corte de cartolina, papel de seda ou uma capa de revista.

4- O Artista

atividades-criancas-down-artes

Material: tinta guache de diversas cores e pincéis

Espaço: esta atividade pode ser realizada em ambientes abertos e fechados

As atividades artísticas permitem que as crianças se expressem enquanto desenvolvem sua coordenação olho-mão. Além disso, promove a criatividade e melhora a imaginação, auxiliando no desenvolvimento cognitivo da criança. Do rabisco à pintura a dedo, a experiência é definitivamente relaxante e divertida para as crianças. Promova um dia da semana e peça para que a criança seja O Artista, apresente uma obra de arte que precisa ser terminada favorecendo a confiança da criança. Em outro dia peça que pinte uma imagem e em outro dia ou momento, que crie sua própria arte. Não se esqueça de oferecer materiais diversos e atóxicos.

5- Acerte o Alvo

atividades-criancas-down-alvo

As habilidades motoras grossas ou brutas também são importantes de serem trabalhadas nas crianças com síndrome de Down. A atividade Acerte o Alvo é excelente neste aspecto e desenvolve principalmente as habilidades de mirar e acertar o alvo em questão. As brincadeiras com bambolês favorecem o desenvolvimento da coordenação motora grossa e costumam chamar bastante a atenção das crianças.

Material: bambolês e sacos pequenos contendo feijão, areia ou bolinhas de gude

Espaço: ideal ao ar livre

Para esta atividade coloque 4 ou 5 bambolês no chão. A criança aponta e joga pequenos sacos de feijão ou areia no centro dos aros a uma distância pré-determinada. Uma variação dessa atividade consiste em um adulto segurando o bambolê enquanto a criança joga os sacos de feijão.


6- Boliche Divertido

atividades-criancas-down-boliche

Já que estamos falando de trabalhar coordenação motora grossa, que tal montar um jogo de Boliche Divertido? Você pode confeccionar vários brinquedos com material reciclado.

Material: garrafas plásticas e bolas de diversos tamanhos

Ambiente: esta atividade pode ser realizada em ambientes abertos e fechados

Você pode usar garrafas plásticas vazias para começar a brincadeira e depois enchê-las com água para dificultar um pouco. Assim, esta atividade divertida trabalha força, mira, concentração e agilidade. Ofereça bolinhas de tamanhos diferentes para derrubar as garrafas.

7- Show de Talentos

https://cursodebaba.com/images/atividades-criancas-sindrome-de-down.jpg

Você sabia que a música desempenha um papel importante no progresso de uma criança com Síndrome de Down? As brincadeiras cantadas, por exemplo, são uma ótima maneira de estimular a memória e desenvolver habilidades de linguagem e comunicação.

Material: microfone de brinquedo

Espaço: ambientes fechados

O Show de Talentos consiste na escolha de uma música que a criança goste e cante com o auxílio de um microfone de brinquedo. Algumas crianças podem precisar da ajuda de um adulto ou de um amigo para cantar junto. Permita às crianças que demonstrarem interesse em tocar um instrumento durante a música tenha esse livre acesso à sua disposição. De fato, as atividades que envolvem ritmo e movimento estimulam o desenvolvimento da linguagem e da fala, além de ajudar na atenção e concentração.

8- Passeio Na Fazenda

atividades-viajar-criancas-down

Um passeio na fazenda pode oferecer uma experiência enriquecedora para todas as crianças. O relacionamento entre crianças com síndrome de Down e animais favorece a descoberta da afetividade e melhora a comunicação. Conhecer um ambiente novo e caminhar pela fazenda com a presença de vários animais promove o bem estar físico, social e psicológico. Escolha um sítio ou fazenda em que as crianças contem com a ajuda de monitores e possam alimentar e acariciar os animais, ordenhar a vaca, realizar passeios a cavalo e outras atividades. Uma ideia bem legal é contar uma história sobre animais na fazenda que retratem o que as crianças vão conhecer antes e depois do passeio. As emoções e reações serão bem diferentes nos dois momentos!

9- Caixa Mágica

atividades-criancas-down-caixa

Muitas crianças com distúrbio do processamento sensorial têm dificuldades em se manter ocupadas. A Caixa Mágica é uma atividade perfeita para crianças até 5 anos e consiste basicamente em encher uma caixa de papelão (tamanho de acordo com a criança) com diversos brinquedos. A criança ficará sentada dentro da caixa cercada com todos os materiais e brinquedos que você puder oferecer.

Material: caixa de papelão grande

Espaço: no ambiente que preferir

Com esta atividade as crianças terão a oportunidade de usar os músculos das mãos e dos braços, além de estimular a atenção no que está fazendo. É interessante colocar na caixa também vários brinquedos e materiais sensoriais (objetos de diferentes tamanhos, texturas, cores) para que essa experiência seja mais rica ainda. Algumas ideias incluem: castanhas, bolas de tênis, uma garrafa sensorial e tudo o que você tiver disponível e que seja seguro.

10- Jogo da Memória

atividades-criancas-down-memoria

As atividades e jogos para melhorar a atenção e aumentar a capacidade de processamento das crianças com síndrome de Down podem começar desde cedo e devem continuar ao longo dos anos escolares. Assim como interagir com o bebê cara a cara incentiva períodos de atenção, existem muitas atividades e jogos para crianças maiores que são excelentes. O Jogo da Memória é uma atividade em que muitas crianças se divertem e conseguem ficar bastante tempo atentas e concentradas. Inicie a atividade com poucos elementos para começar e depois, consegue a criança vai conseguindo identificar com facilidade, aumente gradativamente. Escolha um tema que queira trabalhar como, por exemplo, frutas, números, animais, formas geométricas e adapte o grau de dificuldade de acordo com a idade e necessidade da criança.

Material: jogos da memória (podem ser confeccionados)

Espaço: internos

Os jogos da memória podem ser apresentados na forma de figuras, fotos, imagens ou objetos. Exemplo: alinhe três imagens com a face para baixo. Vire a primeira e nomeie-a, em seguida vire-a para baixo. Pergunte à criança qual era a imagem estava na foto. Assim que ela conseguir, vire duas imagens e nomeie cada uma delas conforme indicado. Vire as fotos para a posição voltada para baixo, aponte para cada uma e pergunte "o que é isso?". Se a criança puder fazer isso, repita a atividade com três imagens.

Assim que a criança compreender esse tipo de atividade, você poderá acrescentar variações, como usar cartões numéricos para incentivar o aprendizado de sequência numérica ou do número de telefone. São muitas possibilidades, aproveite!

Como muitas crianças com síndrome de Down aprendem visualmente, você pode considerar incluir mais informações visuais em suas instruções. Oferecer instruções fáceis de seguir, divididas em etapas, também pode ajudar. É fundamental que crianças com Síndrome de Down desfrutem de uma vida significativa e produtiva. Escolha as atividades certas e de acordo com o que deseja trabalhar, além disso forneça as melhores ferramentas e um ambiente encorajador que seja seguro e benéfico para o bem-estar delas. E não se esqueça: envolva-os sempre com amor, compreensão e respeito!

Compartilhar
Mais Notícias

"As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos dos profissionais especializados tais como médicos, advogados, nutricionistas, psicólogos e quaisquer outros profissionais relacionados ao tema descrito."